segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Coincidências e passagem do tempo

Tirei da prateleira o terceiro disco do Interpol, Our Love to Admire, pra ouvir agora à noite. Ao mesmo tempo em que cantava junto com Paul Banks, fui responder uma inbox de uma das minhas melhores amigas, que conheci justamente por causa da banda. Volta pra 2008. O Interpol vinha ao Brasil pela primeira vez e conheci a Carol numa reunião de fãs da banda. A Carol também é jornalista e adora shows, apenas alguns aspectos que temos em comum.

Voltando pra hoje, enquanto ouvia Interpol e respondia a mensagem dela, lembrei que estava em busca de um novo emprego na área jurídica na época (2008), depois de ter ficado quase um ano em um escritório pequeno de advocacia e queria ganhar mais experiência na área, pois tinha quase dois anos de formada e sonhava trabalhar em grandes escritórios. 

E a nossa conversa começou justamente pelas mudanças que fazemos na vida e pela realização que temos - especificamente pela mudança que eu fiz ao sair da área jurídica, começar a estudar Jornalismo - sonho de criança - e estar trabalhando agora em uma agência de intercâmbio, onde escrevo, participo do desenvolvimento das mídias sociais da agência, represento a empresa em workshops no Brasil e no exterior, algo que é novo pra mim, depois de anos de atuação em uma área bem distinta, formal, conservadora, apesar de interessante e rica em conteúdo também. 
Em resumo, me sinto muito feliz com o momento profissional que estou vivendo.

Queria chegar justamente em outro ponto que tenho em comum com a Carol. Sempre estamos falando sobre as próximas viagens que queremos fazer, sobre outras que temos de colocar na lista, sobre cursos que queremos fazer e que não têm nada a ver com o Jornalismo - não pra mudar de área, pelo menos não agora - mas por estarmos sempre em busca de algo a mais, porém, que nos traga realização na vida. 

Por enquanto, tenho uma lista não tão grande que inclui: aprender mais um idioma, curso de fotografia, conhecer muitos países, morar na cidade do coração ou até em outros lugares que visitei e amei, mais outros desejos/sonhos/quero realizar e vou colocando todos na lista, assim como a mudança mais difícil que fiz até hoje - mudar de carreira profissional e seguindo dia a dia com o desejo de tirar os sonhos do papel. 

Para embalar o texto, nada mais propício que uma música do Our Love to Admire do Interpol, cause "today my heart swings"

Nenhum comentário:

Postar um comentário